23 de setembro de 2014

Dentro de mim faz sul





quero reaprender o amor na respiração das tuas mãos 

quero-me sentado nas pálpebras quietas do teu olhar

quero me goiabar em ti, caroço e casca, verme e moço, seiva e corpo

tu – minha noite redonda

minha madrugada mulata.



Dentro de Mim faz Sul



10 comentários:

Librairie disse...

agora em mim também.

Bjos

UIFPW08 disse...

Um beso grande ..saudade..
Morris

Primeira Pessoa disse...

Finalmente liberaram os comentários por esta seara. Aleluia!
ó, proc6e saber: adoro o blog, guardador dos biscoitos mais finos.

beijão,

R.

Dois Rios disse...

Obrigada pela visita, Maurizio!

Saudades de ti, também!

Beijos meus.

Dois Rios disse...

Roberto, os comentários estão abertos desde nov/13, rs. O certo é que ando em falta com todos os amigos, "inclusivíssimo" com vc, mas ando com uma preguiça doentia de tocar o blog. Fazia dois meses que eu não postava.

Obrigada pelo teu, sempre, carinho!

Beijos,

Dois Rios disse...

Obrigada pela visita, Librairie!

Abs.

UIFPW08 disse...

Bom fin de semana Ines.
Beijos meus
Morris

Mar Arável disse...

Todas as noites

são redondas

Duarte disse...

Como germe de vida: belo.
Besos

Maré Viva disse...

É sempre um deslumbramento mergulhar nos teus dois rios e sair mais rica e com a alma alimentada.
Um beijo.